Vanderlei e gol impedido dão liderança ao Santos na Libertadores

Time santista bateu o Estudiantes-ARG por 1 a 0, em Quilmes, com gol do atacante Arthur Gomes, que estava em posição adiantada no lance

0
Arthur Gomes fez o gol da vitória aos 18 minutos do primeiro tempo (Foto: Divulgação/ Conmebol)

O Santos venceu o Estudiantes por 2 a 1, nesta quinta-feira (5), em Quilmes, na Argentina, pela terceira rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores. O gol da equipe brasileira foi marcado pelo atacante Arthur Gomes, que estava adiantado ao aproveitar o rebote depois de grande jogada de Eduardo Sasha. O goleiro Vanderlei fez pelo menos quatro defesas dificílimas e que garantiram o triunfo santista.

Com o resultado, o Santos chegou aos seis pontos (duas vitórias e uma derrota) e assumiu a liderança da chave. Estudiantes-ARG e REal Garcilaso-PER, com quatro pontos, estão em segundo e terceiro, respectivamente. O Nacional-URU, é o lanterna da chave.


Primeiro tempo

O Estudiantes teve a primeira grande jogada aos 11 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Schunke testou com muita força para o gol, mas Vanderlei salvou a equipe brasileira com uma defesa fantástica.

Mas foi o time santista quem abriu o placar. Aos 18 minutos, Eduardo Sasha arrancou pela direita, aplicou o drible da vaca no zagueiro da equipe argentina e bateu cruzado para o gol. A bola bateu na trave e foi de encontro a Arthur Gomes – em posição de impedimento –, que apenas tocou para as redes.

O Estudiantes puxou um contra-ataque muito perigoso, correu com a bola do meio de campo até a entrada da área de Vanderlei, mas finalizou muito mal e perdeu grande chance de empatar a partida.

  Marta defende esporte como ferramenta em busca da igualdade de gênero

No fim da primeira etapa, o Santos perdeu uma grande oportunidade de ampliar o marcador com o meio-campista Jean Mota. O atacante Rodrygo cruzou na área, houve bate-rebate, o goleiro do Estudiantes fez grande defesa e a bola sobrou para Jean Mota, completamente livre, que bateu muito mal e desperdiçou a jogada.

Segundo tempo

A segunda etapa começou bastante corrida, disputada, mas com poucas chances de gols para ambos os lados.

O Santos chegou com perigo aos 10 minutos com Arthur Gomes, que recebeu de Sasha e cruzou rasteiro. A bola passou perto do gol argentino.

Porém, aos 14 minutos, o goleiro santista Vanderlei fez outro milagre ao espalmar uma cabeçada à queima-roupa de Lattanzio.

Vanderlei impediu o empate mais uma vez, aos 35 minutos, com outra defesa importantíssima após finalização do atacante Pavone feita dentro da pequena área. E, aos 42, barrou Pavone de novo em outra defesa espetacular, agora com os pés.

O Estudiantes pressionou bastante, mas não conseguiu vencer a defesa brasileira — especialmente o goleiro Vanderlei. Já o Santos procurou explorar — sem sucesso — os contra-ataques até o apito final,além de suportar o massacre do ataque argentino.

Próxima rodada

O Santos voltará a campo pela competição continental no dia 24 de abril, às 21h30, quando receberá o Estudiantes, na Vila Belmiro.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui