Fluminense perde para o Avaí e é eliminado da Copa do Brasil

0
LUCAS MERÇON/FLUMINENSE F.C

O Fluminense tentou, mas não conseguiu evitar uma nova derrota para o Avaí e a eliminação da Copa do Brasil. O time catarinense marcou com Lourenço no segundo tempo, venceu por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (15), na Ressacada, e avançou para a quarta fase do torneio.

 


O time catarinense havia vencido de virada o primeiro jogo por 2 a 1, no Maracanã, no dia 1º de março. Consequentemente, dependia de um empate simples em Florianópolis para se manter vivo na competição – ou seja, o Avaí já estava se classificando antes do gol de Lourenço.

 

Ao avançar para a quarta fase da Copa do Brasil, o Avaí não só se mantém vivo na briga pelo título do torneio como ainda lucra R$ 1,8 milhão com a vaga. É importante lembrar que os confrontos da próxima etapa serão definidos por sorteio.

 

O Fluminense volta a campo neste domingo, às 16h (de Brasília) contra a Cabofriense, em partida válida pela última rodada da primeira fase da Taça Rio. No mesmo dia, às 19h, o Avaí visita o Concórdia pelo Campeonato Catarinense.

 

Diante da necessidade de vencer na Ressacada, o Flu acuou o Avaí. Boa parte da potência ofensiva do time de Abel Braga veio de Ayrton Lucas, que deu boas arrancadas e chegou a servir Pedro aos 34 do primeiro tempo. O atacante acertou o travessão.

 

Aos nove minutos do primeiro tempo, para citar outro exemplo, Ayrton Lucas foi tão voluntarioso que arrancou e deixou a marcação para trás, mas acabou desarmado por Alemão no momento certo.

  Após assistência para gol da vitória, Renato enaltece espírito de luta da Chape e foca no duelo contra o Tigre pela Copa do Brasil

 

Menos de 10 minutos depois, Ayrton Lucas cobrou escanteio e colocou a bola com precisão na cabeça de Ibañez, que saltou mais alto que a defesa adversária, mas não marcou.

 

 

Ainda houve um gol bem anulado do Fluminense. Em um dos últimos lances do primeiro tempo, aos 41, Marcos Junior recebeu em posição irregular e cruzou para Pedro, que colocou a bola na rede. No entanto, a arbitragem acertou ao marcar impedimento no início da jogada.

 

No segundo tempo, Luanzinho foi substituído por Maurinho, que tinha a missão de dar mais mobilidade ao Avaí pelos lados do ataque. Aos nove minutos, Moritz chutou de fora da área e viu a bola desviar em Gum, quase enganando Júlio César. O goleiro defendeu e cedeu rebote, mas Maurinho já estava impedido.

 

O Avaí perdeu um jogador aos 17 minutos do segundo tempo. Getúlio deu um chutão na bola após marcação de impedimento e incomodou o árbitro Vinicius Gonçalves Dias. Como o atleta já tinha cartão amarelo, acabou expulso.

 

Doze minutos depois, no entanto, ficou tudo igual. Dudu, que havia acabado de entrar para substituir Richard, fez falta dura sobre o volante Luan e recebeu o vermelho direto, sem chance para argumentação.

 

Logo depois, o Avaí fez o gol que definiu o placar. Lourenço, que havia acabado de entrar em campo, precisou de cinco minutos para marcar. Ele recebeu cruzamento da esquerda e tocou de cabeça no canto direito de Júlio César, aos 32 minutos.






| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui