Após sete anos e meio, Barcelona anuncia que Mascherano vai deixar o clube

0
(Foto: Joan Valls/Nurphoto via AFP)

O Barcelona anunciou na tarde desta terça-feira (23) em seu site oficial que o zagueiro Mascherano não vai mais atuar pelo clube, fato que já era adiantado pela mídia espanhola. Após sete anos e meio na equipe blaugrana, o argentino deve rumar para o Hebei Fortune, da China.

 

Para celebrar os serviços prestados pela equipe, o Barça organizará uma cerimônia de despedida com transmissão pela internet, às 8h da quarta-feira (no horário de Brasília). O ato vai contar com presença de Josep Maria Bartomeu, presidente do clube catalão, além de todo o elenco.

 

Nas redes sociais, o Barça aproveitou para publicar um vídeo de um minuto com os melhores lances do “Jefe” com a camisa do clube e agradecer: “#ObrigadoMasche… por tudo”.

 

Segundo o “Mundo Deportivo”, Mascherano vai se despedir dos torcedores nesta quarta-feira, na partida contra o Espanyol, válida pela volta das quartas de final da Copa do Rei. O zagueiro não deve vestir uniforme, recebendo somente uma homenagem antes do início do confronto. A expectativa era de que o adeus fosse dentro de campo, mas o jogador está lesionado.

 

A saída de Mascherano do Barcelona passa longe de ser uma surpresa. Em dezembro de 2017, o jogador deu entrevista à revista argentina “El Gráfico” e afirmou que seu período com a camisa do clube blaugrana estava “próximo de se fechar”.

 

Depois, o “Mundo Deportivo” confirmou que o zagueiro de 33 anos havia recebido uma proposta do futebol chinês – em um primeiro momento, o clube não foi revelado. Porém, a publicação disse em seguida que o interessado no argentino era o Hebei Fortune. De acordo com a publicação, o time asiático vai pagar 10 milhões de euros (R$ 39,5 mi, na atual cotação) ao Barça.

 

Durante sua passagem pela equipe espanhola, Mascherano atuou em 333 partidas. No período, foi elogiado muito mais por seu espírito de luta e pelo poder defensivo que por gols ou assistências. O argentino só fez um gol pelo clube, em goleada por 7 a 1 contra o Osasuña, em 2017. Antes do Barcelona, o “Jefe” teve passagens por Corinthians, West Ham e Liverpool.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui