ALZHEIMER
Remédio para diabetes ajuda na memória de ratos
Resultados de pesquisa trazem esperança de tratamento em casos de demência
Publicado em 02/01/2018 às 07:12 | POR NOTÍCIAS AO MINUTO
+ -



© iStock


Uma pesquisa publicada no periódico Brain Research mostra que uma droga desenvolvida para o diabetes tipo 2 pode atuar de várias maneiras para proteger o cérebro da degeneração.

De acordo com o site VivaBem, do UOL, o estudo utilizou camundongos com a doença de Alzheimer que estavam velhos e em um estado avançado de neurodegeneração. Com o uso do remédio, os animais tiveram resultados positivos em testes de labirinto, aprendizagem e formação de memória.

O medicamento alterou significativamente a perda de memória nos camundongos testados. Isso traz esperança de tratamento em casos de demência. Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), o número de pessoas que vive com demência deve triplicar até 2050.

Leia:  Um chocolate sem leite – mas com probiótico





Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Notificar
avatar
wpDiscuz