Instituições em parceria para o desenvolvimento da Zona da Mata lançam portal

0

O Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Zona da Mata Mineira (GDI-Mata), do qual o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Minas (SENAR Minas) faz parte integrando o Grupo Temático do Agronegócio, apresentou, na última semana, uma plataforma de negócios e inovação que pretende aproximar o conhecimento gerado pelas instituições de ensino do mercado regional. O site conta com biblioteca digital, legislação, fontes de financiamento, banco de laboratórios e de fornecedores, portfólio de produtos e tecnologias e uma agenda de eventos para estimular encontros e parcerias entre as comunidades acadêmica e empresarial.

O site www.gdimata.com.br já está no ar e oferece informações que pretendem auxiliar as empresas e instituições na busca por soluções e no desenvolvimento de pesquisas. Criado em julho deste ano, o GDI-Mata tem a proposta de coordenar a colaboração entre poder público, universidades e instituições de pesquisa e empresas na Zona da Mata para garantir aumento da competitividade e da inovação dos negócios, de forma a alavancar o crescimento econômico regional.


“A plataforma digital reúne as expertises das instituições para que possam servir às empresas da região”, explica o diretor do Centro de Inovação e Transferência de Tecnologia (Critt), Ignácio Delgado. O prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, destacou que o GDI é uma excelente oportunidade para combater, na região, a crise econômica que acontece em todo país. “A meta é ampliar as parcerias e promover o desenvolvimento da Zona da Mata.”

A gerente de Inovação e Transferência de Tecnologia do Critt/UFJF, Débora Marques, foi a responsável por apresentar o portal e destacou a preocupação em torná-lo de fácil acesso para o empresariado. “Agora, em um único espaço virtual, ele pode buscar uma instituição para ajudá-lo a solucionar uma demanda, se informar sobre eventos em sua área, verificar as principais legislações que afetam sua atuação, alternativas para captar recursos via financiamento e até mesmo oportunidades de estabelecer parcerias.”

O lançamento da Plataforma de Negócios e Inovação da Mata Mineira foi feito por representantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e da Prefeitura de Juiz de Fora durante cerimônia que reuniu cerca de 200 pessoas, entre representantes das entidades parceiras, empresários, técnicos e estudantes.

Assessoria de Comunicação do SENAR Minas
www.senarminas.org.br


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui