MG: vacinação contra aftosa em Minas alcança 99,10% de cobertura em maio

0

A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra Febre Aftosa de 2012, encerrada no dia 31 de maio, teve um saldo positivo em relação ao mesmo período do ano passado, em Minas Gerais. O índice de vacinação esse ano, 99,10%, foi maior do que o obtido na etapa de 2011, 98,40%.

 



Os produtores rurais tiveram até o dia 15 de junho para comprovar, nas unidades do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) de seus municípios, a imunização de seus animais. A grande adesão na campanha demonstrou que os produtores que têm na pecuária o seu sustento estão cada vez mais conscientes sobre a importância da vacinação semestral.


A etapa envolveu 23.482.153 milhões de bovídeos vacináveis de todas as idades, com 23.271.065 vacinados, nos 853 municípios do Estado. Para o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, as campanhas de imunização são ferramentas importantes para erradicar e prevenir doenças e o produtor tem papel fundamental nessa luta. “A adesão do produtor facilita o trabalho do IMA e ajuda a manter Minas Gerais como área livre com vacinação contra aftosa, o que valoriza e fortalece nossa pecuária”, afirma.

  PRF discute parcerias com o governador do Paraná


Rodrigues Neto acrescenta que a batalha continua. “O país nunca enfrentou com tamanha determinação o desafio de erradicar a febre aftosa e manter o controle sobre outras doenças que afetam o rebanho bovino brasileiro de maneira endêmica”, explica.


O Brasil, sob a coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e com a participação efetiva dos serviços veterinários estaduais e do setor agroprodutivo, segue na luta contra a febre aftosa em busca de um país livre da doença. O Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) tem como estratégia principal a implementação progressiva e manutenção de zonas livres da doença, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).


Fonte: Governo de MG

 

CNA


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui