Mato Grosso,

 

Facebook   Twitter   Google +        
Agricultura
   
  Cenário Agrícola AGRONEGÓCIO  
 

Plantio do algodão em Mato Grosso entra na reta final esta semana

 
sp space  
 

 
space space

comente

 
comente []    
comente [0]    
 
 
 
space space
 
imprimirImprimir space   Diminuir TextoDiminuir texto space Aumentar TextoAumentar texto
 
space space  
 
 
space
 
space

space

Plantio do algodão em Mato Grosso entra na reta final esta semana

space
space

space
space
space

 O plantio da safra de algodão em Mato Grosso deve ser finalizado esta semana, segundo levantamento feito pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). De acordo com o último informe de semeadura do instituto, 96.3% da área total de 593 mil hectares já tinham sido cultivados, o que representa 573 mil hectares. 

 
 
Em comparação a mesma época da safra passada, há uma diferença de três pontos porcentuais a mais de avanço. Mas, como a área da safra 2012/13 foi de apenas 452 mil hectares, pode-se considerar um grande adiantamento em relação ao ciclo anterior.
 
 
“Com as chuvas constantes no fim de janeiro e início de fevereiro, ficou dificultada a entrada do maquinário em campo. No entanto, a última semana foi menos chuvosa, com avanço de 5,4 p.p”, pontua o instituto.
 
 
Com a proximidade do fim da semeadura, volta uma velha dúvida nos produtores quanto à semeadura do algodão adensado. Na safra anterior, a área total da cultura naquela modalidade foi de 55.834 hectares. Porém, a satisfação dos produtores com tal forma de semeadura não foi grande, o que fez com que tal área sofresse ameaça de diminuição para a safra atual. 
 
 
Atualmente, verifica-se que, com a queda dos preços do milho, o plantio da fibra adensada, mesmo com suas dificuldades de manejo, pode acabar se tornando uma alternativa interessante aos produtores. “Os produtores que optarem por tal forma de plantio, devem iniciar os trabalhos de semeadura nas próximas semanas, possibilitando mais uma alteração para estimativa de área plantada”, diz o Imea.
 
 
Estoques
 
A safra 2013/14 deve ser de recuperação de estoques no Brasil. As importações devem subir 15%, e a produção de pluma deve ser 330 mil toneladas maior do que a da safra passada, aumento de 25,3%. A elevação do estoque final deve ocorrer mesmo com o aumento do consumo interno, que deve ser um pouco maior do que na safra 2012/13, 33 mil toneladas, ou 4%. 
 
 
Tal elevação no consumo deve ser anulada pela queda, também de 4%, nas exportações. A retenção dessas 22 mil toneladas irá suprir o aumento de consumo, deixando uma diferença de apenas 11 mil toneladas. “Com a oferta total sendo 11% maior do que a da safra passada, e a demanda total apenas 0,7% maior, os estoques finais devem ficar em 560 mil toneladas, 52% maiores do que no final da safra 2012/13”, explica o boletim do algodão do Imea.

  space
 
 

Notícias de Lucas do Rio Verde

 
space

Destacamos em Cenário Agrícola

space space space space space space

Governo destina R$ 1,4 bilhão para financiar armazéns em fazendas
08:11h | 22/05/2016

space

Parcerias visam consolidar REDD+ em Mato Grosso
08:50h | 22/05/2016

space

Ministro Blairo Maggi viaja à China em sua primeira missão oficial ao exterior
07:05h | 23/05/2016

space

Preço do feijão sobe em Mato Grosso e consumidores procuram alternativas
14:29h | 22/05/2016

space

Ipiranga do Norte: Agricultores começam a colheita  do milho antes da hora em MT
  Ipiranga do Norte: Agricultores começam a colheita do milho antes da hora em MT  
space  
  08:27h | 22/05/2016  
  O preço da saca está excepcionalmente alto e a ideia é aproveitar.Produtores temem que o cenário não se mantenha assim por muito tempo.  
Taxação sobre as commodities em Mato Grosso é tema de discussão
  Taxação sobre as commodities em Mato Grosso é tema de discussão  
space  
  08:35h | 22/05/2016  
  No centro de um debate sobre sua taxação ou não a leguminosa continua puxando a balança comercial e na condição de pilar econômico  
 

space
space

space
space
 PUBLICIDADE
spacer
spacer
 
 PUBLICIDADE

spacer
spacer
spacer
space